segunda-feira, 27 de junho de 2011

Diretor assassinado da TV Barretos foi denunciado por agiotagem

O assassinato de Marco Morera Lagos, 35 anos, diretor executivo da TV Barretos, afiliada da TV Brasil na região, pode ter como pano de fundo um caso de agiotagem.

Lagos assumira a direção da emissora em novembro de 2010, depois de deixar o cargo em uma escola ligada à fundação que dirige as operações da TV Barretos.

De acordo com o delegado à frente das investigações do caso, Dr. Júlio Cardoso, do DIC de Barretos, nenhuma hipótese está descartada. Entre as possibilidades está uma queixa registrada contra Lagos, em que uma funcionária da emissora o acusa de praticar agiotagem. Segundo a denúncia, a pessoa havia emprestado cheques de Lagos no valor de cinco mil reais.

O delegado destacou ao Portal IMPRENSA que o crime tem todas as características de ser premeditado. "Foram sete tiros nas costas e o suspeito de ter efetuado os disparos, acreditamos, estava hospedado no mesmo hotel, aguardando a saída da vítima. Sabia, ainda, que nenhum dos tr?s homens (Lagos, seu irmão e seu ex-cunhado) estaria armado", conta Cardoso.

Marco Diamantino, apresentador de um programa da TV Barretos, e o delegado Cardoso não acreditam em ligação entre o crime e a pauta dos programas. "Nosso programas são tranquilos, com pautas de interesse comunitário", diz Diamantino. Já Cardoso afirma que os programas da TV Barretos são críticos, mas "uma crítica soft".

No início da tarde desta segunda-feira (27), a polícia de Barretos encontrou um veículo Celta de cor preta, com placas clonadas de outro automóvel da região de Santa Bárbara do Oeste. A previsão é de que o veículo seja inspecionado para ver se há impressões digitais que auxiliem na identificação do assassino.


Reformulação da grade

Em comunicado oficial, a emissora lamentou a morte de Morera, afirmando que, nos poucos meses de serviços prestados à TV Barretos, o profissional foi responsável por uma ampla reformulação no canal, organizando a grade de programação, que saltou de seis para 17 horas diárias, além de criar, junto de organizações da cidade, campanhas beneficentes.

Marco Morera Lagos era casado e tinha um filho. Por decisão de sua família, o profissional terá seu corpo cremado na cidade de São José do Rio Preto (SP) e suas cinzas serão transportadas para Chile - país onde nasceu - para o sepultamento. De acordo com familiares, as córneas de Lagos foram doadas para transplante.

Créditos - Portal Imprensa

0 CLIQUE AQUI E COMENTE !:

Postar um comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV