terça-feira, 19 de julho de 2011

Comentaristas de esportes precisam de aulas

O ex-jogador Neto é um dos comentaristas que não tem formação acadêmica em jornalismo
Flávio Ricco.

A transformação de ex-atletas em comentaristas nas mais diversas modalidades esportivas hoje é um fato em diferentes canais de rádio e televisão.

Uma batalha vencida sobre quem considerava que só jornalistas profissionais poderiam exercer essa função. A partir do instante em que nem diploma para este exercício se faz necessário, também se tornaram inválidos os questionamentos sobre tal questão.

No entanto, ao menos uma melhor preparação poderia fazer parte das exigências mais elementares. E entre as principais, falar sem cometer grandes erros e contar com o auxílio de profissionais especializados, fonos, por exemplo, para se fazer entender naquilo que estão dizendo. Só isso.

É um perigo não cuidar de certos detalhes. No passado, foi um sacrifício para muitos professores fazer as crianças aceitarem que o correto era “varia” em vez de “vareia”, como o personagem Didi brincava em “Os Trapalhões”. 

0 CLIQUE AQUI E COMENTE !:

Postar um comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV