segunda-feira, 4 de julho de 2011

"CQC" entrevista grupo que invadiu sites do governo

O "CQC" (Band) promete levar ao ar hoje uma bomba: entrevista exclusiva com o grupo de hackers que assumiu a autoria de recentes ataques aos sites do governo federal, o LulzSecBrazil.
Procurados pela Polícia Federal, os hackers, que invadiram sites como o da Presidência, também passaram a ser alvo do "CQC".
A negociação para a entrevista durou dez dias e teve ares de ficção científica.
À Folha, Marcelo Tas, líder do "CQC", não explica como a produção do programa chegou ao LulzSecBrazil. Mas revela que os hackers pediram uma prova no ar de que se tratava mesmo de produtores da atração.
"No final do último programa, na despedida, falei uma frase totalmente sem sentido. Era uma senha que os hackers pediram que eu dissesse", conta Tas. "Para provar que era mesmo o LulzSecBrazil, também pedimos que eles colocassem no site deles uma senha passada por nós. Em segundos estava lá."
A senha dita no ar por Tas foi: "Quero mandar um abraço para o pessoal do irc, a Dilma falou com eles hoje."
Tas diz que a entrevista foi gravada via Skype (chamada para telefone via internet, com imagem) e que os integrantes do grupo estavam encapuzados. O "CQC" diz não ter informações do grupo para ajudar a polícia.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta segunda-feira (04).

0 CLIQUE AQUI E COMENTE !:

Postar um comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV