Header Ads

"Programas como 'Ídolos' jamais geraram músicos", diz Lobão

No Dia Mundial do Rock (13/7), o “UOL Vê TV” levantou a discussão: como estão os programas musicais da televisão brasileira? Para Lobão, “a TV no Brasil está atrasada, pois ainda mantém a tradição do playback”. Sobre programas como, “Ídolos” (Record) e “Popstars” (SBT), o cantor disse que não revelam músicos, “O cantor nunca vai ter moral para construir um fã-clube depois de receber um esporro em público”.

 O produtor musical, Rick Bonadio, participou como jurado da última edição do “Ídolos”, que termina nesta quinta-feira (14/7). Ele acredita que “hoje o mercado fonográfico não tem muito espaço, e esses programas podem ser úteis para o cara que está começando”.

Flávio Ricco, colunista de TV do UOL questionou: “Já produzimos muitos músicos nesses programas, quem ficou?”. Para ele, “o músico que toca na Record, por exemplo, não toca na Globo”. Ricco criticou o fato das emissoras apostarem em remakes e programas comprados de fora, “Eu acho que criaram uma lenda de que música na TV não dá audiência, eu acho que o que não dá audiência é a falta de criatividade”.

Apresentado por Mauricio Stycer, o “UOL Vê TV" vai ao ar pela TV UOL toda quarta-feira, às 17h. Programe-se e assista!

2 comentários:

  1. PURA VERDADE!! CONCORDO!
    IDOLOS, FAMA, DENTRE OUTROS, NENHUM DELES VÃO PRA FRENTE COMO CANTORES...

    ResponderExcluir
  2. poxa, se todos falassem o q pensam como esse cara fala, vlw lobão!!!! a voz da musica nacional!

    ResponderExcluir

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.