quinta-feira, 28 de julho de 2011

RAPIDINHAS - ADTV - OOOPS! - 27/07/2011

TV Baixinhos
Ooops! perguntou a Xuxa qual seria seu grande sonho de consumo na TV, nestes 25 anos de carreira que acaba de completar. A apresentadora e empresária, 48 anos não aparentes, respondeu:
"Um canal só pra mim. O canal X. Com uma programação infantil 24 horas."
Xuxa disse que a ideia seria um canal (pago, obviamente) para exibir "campanhas para ajudar as crianças, realizar sonhos, realizar debates com elas, falando e fazendo as coisas do jeito delas." A apresentadora também sonha que a grade da TV X tivesse "programas gravados por crianças gravados em suas casas, ruas, e exibidos na íntegra."
A leitora bonitona...
...simplesmente não acreditou que sua coluna preferida voltou após cinco anos. "Meu Deus, ele voltou! Ele voltou!", berrou, assustando os colegas de escritório.
Blu-ray com qualidade VHS não dá
Nas próximas semanas os estúdios e gravadoras nacionais deverão ser notificados por órgãos de defesa do consumidor. O motivo: uma prática de alguns estúdios, de vender filmes, shows e seriados em caixas com o selo blu-ray, quando a qualidade desses títulos é uma porcaria, ou em nada superior à dos DVDs comuns.
Pagar o dobro por nada
Acontece que isso vem ocorrendo em relançamentos de grandes clássicos (como "E o Vento Levou") ou shows antigos (Dire Straits, Police, Iron Maiden etc). Acontece que nada disso é blu-ray e o consumidor está sendo lesado há pelo menos três anos. Nenhum relançamento que está nas prateleiras, anunciado como DVD blu-ray, foi gravado originalmente em qualidade de 1280 pixels --a qualidade real do blu-ray. Ou seja, o consumidor compra blu-ray seu filme ou banda preferidos, põe no aparelho descobre que vai assistir tudo exatamente com a mesma qualidade de DVD comum, e ainda com duas torres pretas no vídeo, uma em cada lado da tela. Só que ele paga até 4 vezes mais por essa cópia tosca em blu-ray, do que pagaria se comprasse um DVD comum.
Ação contra o abuso
A ONG Pro Teste deve entrar esta semana com pedido de análise do material que está nas prateleiras das lojas. O órgão deve exigir que os estúdios coloquem um aviso na capa desses blu-rays, informando que esses DVDs não tem qualidade full HD. Uma decisão mais sábia que o consumidor deve tomar é sempre olhar no verso da caixa do dvd blu-ray qual é a "definição da gravação": se não estiver escrito 1280 x 720, esqueça. Compre um DVD comum mesmo que a qualidade será absolutamente igual ao do pseudoblu-ray.
O leitor inteligente...
... suspirou aliviado ao descobrir que suas quintas-feiras nunca mais serão tediosas. "Pelo menos terei algo para ler", comentou com sua patroa.
Sayad x Cultura
Um ano depois de tomar posse, o resultado da gestão João Sayad não é empolgante, do ponto de vista de audiência. A média de ibope da TV Cultura continua a mesma de 2010, obtendo médias durante a semana entre 0,5 e 1 ponto (58 mil domicílios sintonizados na Grande SP). O programa com maior audiência é o mesmo da gestão anterior: "Viola, Minha Viola", de Inezita Barroso.
Oh, não! "Malhação" pra sempre?
Por mais que muita gente malhe a obra (com trocadilho), a Globo não vai retirar "Malhação" do ar --não ao menos até 2015. Isso porque a emissora não tem nenhum produto em vista, neste período, com capacidade de substituir a novelinha como "celeiro" de futuros atores. Basta notar a quantidade de atores que passaram pela trama infanto-juvenil e que hoje está em horário nobre.
Lembram das criancinhas fã de Ooops! Pois elas...
....continuam insolentes como cinco anos atrás. "Escreve outra nota, cabeção!"
:´(
"Grrrrrrr!"
Amigos colunistas de TV, quem avisa, amigo é: Não falem de projetos em TV aberta com Daniella Cicarelli. Ela pode rosnar. E se por acaso você perguntar algo sobre a Band, o risco de levar um safanão é alto.
Interessado? Pega a fila
A dengosa Patrícia Abravanel, filha de SIlvio Santos que está sendo preparada para suceder o pai no auditório --e preparada pelo próprio--, está solteirinha da silva. Seu casamento com Phillippe acabou e ela mudou para outro apartamento. Daí porque andou reclamando no ar que o pai era pão duro porque não quis pagar sua mobília.
Liberou
Apesar de ser produção da GloboFilmes, a Record liberou a divulgação do filme "O Assalto ao Banco Central" em seus programas, caso queiram. Trata-se de uma deferência a Milhem Cortaz, artista da casa que está no filme.
Psiu, leitora bonitona...
Mas você gosta mesmo de uma fofoca, han?
Sooooobe!
Inezita Barroso: uma lenda da TV e da música, que merece ganhar destaque neste retorno da coluna Ooops! em texto -exclusividade do site F5. A octagenária apresentadora do "Viola Minha Viola" é a única atração da TV Cultura que consegue dar acima de dois pontos de ibope.
Deeesce!
TV paga nacional ao deusdará: graças à incompetência da Anatel, orgão cujas funções foram esvaziadas em oito anos de governo Lula, a TV paga hoje é um território vergonhoso, sem lei e que desrespeita telespectadores pagantes. Canais que vendem até 6 horas por dia a programs caça-níqueis, seriados e filmes que são interrompidos a cada dez minutos para o canal mostrar vinhetas ridículas sobre sua próxima programação medíocre, reprises a granel, bem como a reexibição de um mesmo episódio até quattro vezes num mesmo domingo. Esse é o lixo que a TV paga se tornou no Brasil. E, caros leitores, vocês acham que a coisa vai melhorar com a entrada de outras empresas, como as teles, nesse mercado? Então tá...

0 CLIQUE AQUI E COMENTE !:

Postar um comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV