Header Ads

Atrás da classe C, FX entra no time dos dublados

Keila Jimenez

Sem ligar para a chiadeira dos assinantes, o canal FX resolveu entrar em um time que só cresce na TV paga: o de canais dublados. De olho no sucesso em audiência dos canais TNT, Telecine Pipoca e Fox, o FX passou a oferecer neste mês, sem alarde, praticamente toda sua programação dublada, com exceção das séries "Dexter" e "Spartacus".
Em algumas operadoras os programas passam a ter a opção em português ou com áudio original, em inglês. No entanto, não haverá legendas.
A mudança provocou protestos na internet. O fórum do canal na web está lotado de reclamações de assinantes que não querem filmes e séries dublados. A maioria diz que a TV paga deve deixar esta opção para a TV aberta.
Procurado, o FX, via assessoria, diz que a mudança segue uma tendência do mercado de TV paga. Cita que o canal Fox foi precursor da dublagem na TV paga brasileira, em 2007, o que fez sua audiência crescer.
A dublagem no FX também busca claramente alcançar um novo público da TV por assinatura: a classe C. Segundo pesquisa do Data Popular, instituto especializado em estudos com público de classes emergentes, 58% da nova classe média brasileira gosta de assistir filmes e séries estrangeiros e 76% opta pelos dublados.

Nenhum comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.