Header Ads

Ainda bem que teve reprise do "Especial do Rei"!

RENATO KRAMER
COLUNISTA DO F5

Natal sem Roberto Carlos seria imperdoável. Melhor só se fosse um daqueles bem produzidos especiais inéditos, mas reprise ou não, ainda bem que teve o 'especial do rei'.

O show fez parte do projeto "Emoções em Jerusalém", e foi realizado em setembro desse ano. O palco suntuoso, montado no Sultan's Pool, reproduzia alguns lugares importantes da Cidade Velha: o Muro das Lamentações, a Igreja do Santo Sepulcro e a Mesquita de Al-Aqsa, retratando a pluralidade religiosa e o desejo de que possa haver paz entre os povos.

A apresentadora Glória Maria foi quem veio anunciar o cantor. Visivelmente comovida, quase lhe faltou a voz na hora de chamar Roberto Carlos. E lá veio o 'rei', todo de branco. Pronto, chegou o que faltava para o Natal ficar completo.

Reprise ou não, já não importava. O cantor, que por décadas emociona o Brasil com a sua "forma simples de falar de amor" - como ele próprio cita na sua canção "Jovens Tardes de Domingo" (com Erasmo Carlos), mantém o carisma e o mito que o envolve desde os anos sessenta.

"Quando eu estou aqui, eu vivo esse momento lindo", canta Roberto Carlos. "Emoções", é a primeira canção, dele e de Erasmo também - como a grande maioria do seu repertório. Logo após cantá-la, Roberto diz para a plateia que teria muita coisa para dizer, mas que prefere dizer cantando "que é o que eu melhor sei fazer". E canta então "Além do Horizonte". A cenografia e a iluminação do show são belíssimas. Mas se fechamos os olhos por segundos que seja, lembramos de imediato aonde estávamos e quem nos cercava quando essa música estourou nas paradas.

E a viagem está só começando. A voz de Roberto Carlos faz parte da memória afetiva de dez entre dez brasileiros. Em seguida vem "Como Vai Você" (Antônio Marcos e Mário Marcos). E arrepia a alma. Lembro que, quando se ouvia essa canção no rádio, no início dos anos setenta, tinha-se a nítida impressão de que Roberto falava com a gente. E esse talvez seja um dos seus segredos: ele fala com a gente e como a gente.

"Eu acho que todo o mundo sabe que eu gosto de cantar o amor. Toda a forma de amor vale uma canção. O amor é uma fonte inesgotável de inspiração", diz o cantor antes de dar início à suave e encantadora "Como é Grande o Meu Amor por Você". Logo depois vem a preferida do 'rei': "Detalhes', que Roberto cantou em quatro línguas: português, espanhol, italiano e inglês.

Mas, mesmo que fosse em aramaico, reconheceríamos a sua voz nos dizendo: "não adianta nem tentar me esquecer...durante muito tempo em sua vida eu vou viver". No fundo, no fundo, Roberto Carlos sabe que nem tentaremos esquecê-lo. Ele conquistou um lugar cativo em nossos corações. Para mexer ainda mais com a emoção, o 'rei' entra com "Outra Vez"(Isolda). A plateia canta junto com ele essa joia rara composta por Isolda, consagrada na voz do maior ídolo pop brasileiro de todos os tempos.

Para derrubar o fã que ainda estivesse se segurando, Roberto Carlos lembra: "todos somos frutos de um amor incondicional...um amor incondicional de mãe". E canta "Lady Laura". Aí, desabo. Minha mãe, que era uma mulher de personalidade muito forte e avessa à idolatrias, tinha verdadeira adoração pelo "Robertinho", como ela o chamava. Nas últimas vezes que pude visitá-la em Porto Alegre, mal largava a bagagem no quarto e ela colocava o disco do Roberto para tocar "Lady Laura", no último volume. Ela tinha todos os LPs do rei. Era o meu presente de Natal de todos os anos.

Falando nisso, lembrei de um episódio que poderia chamar, parodiando o filme homônimo, "O Rei e Eu". Estava no Rio para passar um fim de semana com uma amiga do teatro, a atriz Nair Cristina Pacheco - que vivia a personagem Zina em "Marron Glacê" (Rede Globo - 1979), quando recebo um convite que mais parecia uma 'pegadinha'.

Créditos - F5 da Folha Online.

Nenhum comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.