Header Ads

Ministério dá bronca na MTV por exibir programa sem classificação

Daniel Castro

O Ministério da Justiça publicou ontem no Diário Oficial da União um despacho em que adverte a MTV por ter exibido sem classificação indicativa o VMBB, premiação paralela ao VMB.
No despacho, o ministério lembrou que a exibição de programas sem a prévia autoclassificação contraria a legislação. E, apesar de o VMBB já ter veiculado, em 25 de outubro, o ministério o classificou como impróprio para menores de 10 anos, por conter "linguagem imprópria".
Segundo o governo, a MTV foi "contatada para prestar esclarecimentos" e "reconheceu a falha".
Diretor de programação da MTV, Zico Goes diz que houve simplesmete um esquecimento.
"O VMBB foi criado para ser apenas um programa de internet. Mas ficou tão bom que a gente resolveu editá-lo e exibi-lo na TV, depois do VMB. E esquecemos totalmente de pedir a classificação indicativa", afirma Goes.
O executivo reconhece o papel do Ministério da Justiça, mesmo se tratando de uma mera "questão de formalidade", uma vez que bastaria a MTV encaminhar um documento ao governo, determinando ela mesma a classificação indicativa. Além disso, a classificação dada pelo ministério, de 10 anos, não atrela a exibição do VMBB a nenhum horário. Ou seja, o único erro da emissora foi não ter mostrado o selo "10 anos".

Nenhum comentário

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.