Header Ads

“O Brado Retumbante” vai provocar o poder brasileiro

José Armando Vanucci.

Com estreia marcada para 17 de janeiro, a minissérie “O Brado Retumbante” está bem adiantada na finalização de seus oito episódios. Escrita por Euclydes Marinho com a colaboração de Nelson Motta, a minissérie vai falar de poder e dos defeitos e virtudes do ser humano através de um olhar crítico do próprio país.

“O Brado Retumbante” conta a história de Paulo Ventura, presidente de um Brasil que não existe somente na ficção e que entrou na política por convicção, mas permanece nela por teimosia depois de muitas armações. Realidade? Inspiração no que acontece no dia-a-dia? No posto máximo de poder ele encontra sujeira, falcatruas e ameaças e promete a seu povo mudar tudo. Ficção? Na intimidade de sua casa, um casamento em ruínas e uma mulher que finge acreditar nas palavras e ações de seu marido. “Eu quis mostrar nesta minissérie que, por trás de todo presidente, existe um ser humano, alguém que tem problemas, dor de barriga, pai, mãe e mulher. E que nós não ficamos sabendo. Revelar essa intimidade de um homem comum na Presidência. Na história do Paulo Ventura, ele já era um político que vivia uma fase desanimada como homem público, e que acaba sendo eleito presidente da Câmara dos Deputados por uma manobra, para ser um fantoche do sistema”, explicou Euclydes Marinho.

“O Brado Retumbante” também mostrará todas as jogadas políticas e o que homens e mulheres são capazes de fazer por dinheiro e poder. E vai cutucar. Os grandes inimigos do presidente estarão bem próximos, nos gabinetes ministeriais. Será possível confiar? É nesse clima que os oito episódios da minissérie serão levados ao telespectador. “O Brado Retumbante” provocará e fará uma crítica ao país, mas será dramaturgia de ficção e no final de cada capítulo terá a frase “esta é uma obra de ficção coletiva baseada na livre criação artística e sem compromisso com a realidade”. Será?

Um comentário:

  1. Quero saber se a Plim Plim vai dar destaque especial a seu papel neste assunto desde a ditadura ate agora aprisionando as outras emissoras e cortando a fatia do bolo maior sempre para ela a despeito dos progamasw detestaveis que apresenta. Os irmaos marinho que nao tem nome estao deitados no paraiso fiscal que o pai criou enquanto isso ela engessa as outras emissoras e apresenta um padrao muito ruim servindo de base para o pior na apresentaçao das outras emissoras. Nao existe concorrencia pela audiencia que e saldavel. Sonegadores de informaçoes e monte de lixo apresentado para o povo brasileiro isso debaixo da conivencia das autoidades dos 3 poderes e debaixo do nariz da justiça e da policia. Infelizmente ate a ala boa se cada num cooperativismo mediocre que nao beneficia em nada o crescimento do pais.

    ResponderExcluir

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.