quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Advogada do caso Eloá vira vilã para TVs e público

 Mauricio Stycer
do UOL, em São Paulo

Como num reality show, o julgamento de Lindemberg Alves seduz o público não apenas pela possibilidade de espiar a intimidade alheia, mas de julgar os envolvidos no caso.

Proibidas as filmagens dentro do tribunal, as equipes de televisão se esmeram em colher depoimentos na rua e em debates no estúdio. Mas há pouca coisa para ver. É mais fácil avaliar e julgar.

Não há, porém, muito mais o que dizer sobre o acusado, cujo crime foi acompanhado exaustivamente à época, ao longo das mais de cem horas em que manteve a jovem Eloá sob cativeiro. Assim, o alvo principal deste julgamento é a advogada de Lindenberg.


Como já ocorreu em outros casos rumorosos, o julgamento ajuda a transformar, de uma para outra, jornalistas em especialistas em direito. Faz parte da profissão. O que é menos comum é ver colegas no papel de magistrados, opinando com segurança sobre o desempenho de Ana Lucia Assad.

Nos programas matinais e vespertinos da TV, o desempenho da advogada de Lindemberg está sendo avaliado por jornalistas com a mesma sem cerimônia que julgam lances polêmicos em partida de futebol.

A advogada está em busca de seus 15 minutos de fama, diz um. Está apenas querendo tumultuar, diz outro. Está desesperada, afirma um terceiro. Mas ela pode mesmo abandonar o julgamento?, indigna-se um quarto.

Fosse colocada num paredão do “BBB”, Ana Lucia Assad seria eliminada com larga margem de votos. Virou a vilã do julgamento. Está sendo hostilizada pelo público – o mesmo que xinga ator que interpreta vilão em novela. Um espetáculo.

3 comentários:

  1. Detalhes de um povo ignorante que não sabe o que e justiça, me parece uma ótima advogada que esta usando todos os artifícios legais para ganhar, embora seja um caso perdido, o que esta em pauta não e o caso em si, mais o empenho de uma profissional que esta sendo criticada por fazer justiça (sim a justiça também da direito de defesa aos piores crimes), e fazer o serviço dela com empenho... Daqui a pouco os médicos também vão ser criticados por curar ou salvar a vida de determinado cidadão criminoso ou incriminado pela sociedade.

    ResponderExcluir
  2. aff, isso nao tem nada aver com osite dii vc's, isso nao tem nada aver com audiencia de tv, nada aver isso e assunto de policias nao de um site di audiencia de televisao, affz ...

    ResponderExcluir
  3. A VERDADE DOS FATOS:

    Descrição de Fatos/ por Telespectador.

    A Mídia, Rede (TV), por Intermédio do Programa A Tarde é Sua, Apresentado por Sônia Abrão, No calor dos Fatos se Comportou de forma Errada, Em Entrevistar , Lindenbergy, E tumultuar a Situação, Pois o Clima Já Estava Tenso, por 100 Horas de carcere privado, querendo Ter Poder de Policia Negociador, Dificultando os Trabalhos dos PMS.

    A Policia: Oque Motivou os PMS, a Jogar uma Bomba estourando a Porta, do Apartamento, Assim Assustando Lindenbergy,E Quem Autorizou nayara a Voltar ao Apartamento, ERRO da PM.

    Que Atitude extrema Desencadeou infelizmente na Morte da Adolescente, Pois è De ser Condenado SIM Lindenbergy, Más A Mídia, A Policia, e o Estado Devem ser Processados por ERROS. primário cometidos

    ResponderExcluir

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV