quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Deputado Federal quer puxar tapete da Globo


José Mentor não gosta de MMA. Acha violento. O compara aos tempos do Coliseu. Pior ainda, José Mentor abomina o MMA. Não considera um esporte legítimo. “Rinha humana”, filosofa Mentor.

Não haveria problema algum em José Mentor ser um critico das artes marciais mistas. Cada um que tome o controle remoto do colo da esposa e veja o que bem entender. O problema é que Mentor é deputado federal. E resolveu fazer uma caça às bruxas com o MMA. Tomou frente num projeto de lei que multa em 150 mil reais as emissoras de TV abertas ou fechadas que exibirem” lutas não olímpicas consideradas violentas”. Canais reincidentes poderiam, inclusive, sair do ar. O alvo dessa ação é somente o MMA.

A mediocridade de nossos políticos fica latente pela maneira como eles criam, desfazem e discutem leis. Mentor não tem a menor ideia dos riscos inerentes a qualquer esporte. Mas abusa da retórica ao tentar cavar argumentos para banir o MMA. Chama de incitação a violência. Compara com briga de galo. Diz que tem médicos no Canadá que querem proibir as artes marciais mistas. Um tremendo tiro no pé, perceberá num futuro breve.
 

...

Comparar um atleta de MMA que se prepara durante três meses para um combate regulamentado e assistido por médicos a uma rinha onde galos são covardemente incitados a brigar mostra o nível de despreparo de Mentor para falar do assunto. Comparar ao Coliseu onde homens eram obrigados a se matar ou eram jogados aos leões deixa exposto toda a amargura e preconceito de Mentor contra um esporte que hoje é visto por mais de 350 milhões de pessoas no mundo e movimenta mais de 5 bilhões de dólares por ano. Mas, se depender de Mentor, MMA no Brasil só pela internet. A conferir!

OBS: A matéria foi publica no Jornal O Globo, que pertence as organizações GLOBO.

A íntegra da coluna você confere no link a seguir: http://oglobo.globo.com/blogs/mma/posts/2012/02/29/coluna-em-globo-cruzada-contra-mma-no-brasil-433904.asp

5 comentários:

  1. O deputado deveria se preocupar mais com o que fazer para mostrar trabalho, ou pelo menos se informar mais sobre esportes e principalmente sobre o mma. Na realidade esses deputados pouco fazem para justificar os Enormes salários que recebem. Acredito que seja por isso, falta do que fazer, que ele esteja querendo banir o mma. Deputado, nos faça um favor, procure trabalhar algum projeto útil para os cidadãos que os elegeram.

    ResponderExcluir
  2. parabéns pro Deputado. Violencia EXPLICITA na TV. Ja não chega a violencia que estamos tendo, vem essa porcaria de emissora fazer o que quer e ninguem diz nada? Quem quiser que assine uma canal e assista. Muitos adolescentes estao assistindo agora graças a TV Globo. parabens Deputado. Só falta acabar com o BBB e limitar cenas nas novelas. Ai sim teremos uma tv melhor para nossos filhos.

    ResponderExcluir
  3. Vai procurar oque fazer Deputado... Faça uma lei para beneficios da sociedade. Puxa o 'carro' para uma manutenção e até re-configurar o código penal brasileiro, que já está bastante velho e saturado!
    Assiste MMA quem quer, não é obrigado... e a Globo respeita os horários que podem ser transmitidos, que por sinal, é bem tarde!
    vai Dormir deputado e pensa em benefícios para a sociedade em geral e não de alguns grupos... "... deve está sendo influenciado por uma rede de televisão, que não consegue chegar nem nos rastros da GLOBO..."

    ResponderExcluir
  4. concordo com o deputado e um esporte chato e piora com a narração do galvão so mais futebol e basquete.

    ResponderExcluir

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV