Header Ads

Rede TV!: é o começo do fim?

Tony Goes
colunista do portal F5, da Folha Online.

Imagine se a novela "Fina Estampa" saísse da Globo. De uma hora para a outra, a trama de Aguinaldo Silva se transferiria para outro canal. Griselda, Tereza Cristina e todos os demais personagens continuariam a ser vistos no mesmo horário, mas numa emissora diferente. Quer dizer, todos os personagens talvez não: alguns permaneceriam na Globo, mas em outros programas.

Guardadas as devidas proporções, é mais ou menos isto o que está acontecendo na Rede TV!. A atração de maior audiência da casa está indo embora. A partir de março, o "Pânico na TV" será visto na Band.

Segundo apurou Keila Jimenez, o programa comandado por Emilio Surita talvez não siga para o novo endereço com o mesmo time de hoje. Alguns participantes do "Pânico" têm contrato direto com a Rede TV!, que prometeu cuidar bem dos que ficarem.

Será que este é mais um sintoma da derrocada iminente da Rede TV!? Não é pouca coisa uma emissora perder um dos pilares de sua programação, no ar há quase dez anos e com faturamento garantido.

O "Pânico na TV!" teve mais baixos do que altos nos últimos tempos, mas tem público cativo e ainda lança modas e polêmicas. Não deixa de ser irônico que ele agora vá para a Band, lar do "CQC" --descrito por alguns como uma versão do próprio "Pânico" para quem terminou o 2º grau.

Enquanto isto, a coisa continua feia na Rede TV!. Já correm boatos de que Regina Volpato estaria sem paciência com a "primeira-dama" Daniela Albuquerque, com quem divide a apresentação do "Manhã Maior", e sondando o SBT para um possível retorno à emissora. É bom lembrar que Regina é a substituta de Keila Lima, que deixou o programa em agosto passado dando um tapa com luva de pelica em Dani, ao vivo e a cores para todo o Brasil.

Enquanto isto, a outra "primeira-dama" do canal, Luciana Gimenez, também deixa escapar que estaria em negociações com a Band. Pode ser só jogo de cena para valorizar o próprio passe. Mas pega mal, não pega?

Nem a lanchonete da Rede TV! faz mais fiado. Até pouco tempo atrás, os funcionários podiam pendurar suas despesas lá, que eram descontadas direto da folha de pagamento. Mas como descontar agora, se tem gente que fica meses sem receber?

Vai ver que é a tal da maldição do canal 9 de São Paulo, que já liquidou com a Excelsior e a Manchete. Seja lá o que for, é evidente que a Rede TV! precisa contratar com urgência uma nova assessoria de imprensa, capaz de inventar boas notícias para reverter a impressão de que a emissora está indo para o buraco.

Ou vai ver que já tentaram contratar. Mas ninguém topou, com medo de ficar inadimplente.

*

ATUALIZAÇÃO: recebi um telefonema de Caetano Bedaque, assessor de imprensa da Rede TV!, preocupado com a repercussão que os dois últimos parágrafos podem ter para os profissionais que trabalham na divulgação da emissora. É evidente que o objetivo do texto não era desmerecer o trabalho deles --além do mais, porque ser assessor de imprensa da Rede TV! neste momento é tarefa das mais ingratas.

Um comentário:

  1. se fina estampa fosse para a rede tv sua audiência seria quase zero,pois o novelinha ruim!!!!! comparada a outras como,a favorita,insensato coração,é um horror,dá audiência pq é depois do jornal nacional, e na globo óbvio.

    ResponderExcluir

Olá! Seja muito bem-vindo, nós já sabíamos, que você iria registrar seu comentário nesta informação. Para interagir é fácil. Redija seu comentário, em seguida marque uma das opções da caixa comentar como. Coloque seus dados eletrônicos, mas atenção nada de caracteres especiais (@, _ etc). Ok. Preencha os caracteres de verificação de pessoas reais, e aguarde nossa apuração.

Sua opinião é muito importante para a construção da sabedoria humana.

Atenciosamente - Editores Audiência de TV

Tecnologia do Blogger.